Além de outras séries de ocupações, sou formanda em história  e apaixonada por antropologia, e por vezes quando me deparo com uma publicação polêmica na internet leio comentários relacionados à ela, para tentar entender um pouco a reação das pessoas e as opiniões que elas expressam diante da falsa sensação de anonimato que a internet nos promove, afinal estamos cada um no seu dispositivo, seja computador, tablet ou celular e nada daquilo pode nos atingir, ledo engano, mas isso é assunto pra outro post.

O caso é que ontem me deparei com uma publicação no perfil do Facebook do Ministério da Saúde onde o órgão divulgava a campanha de vacinação do HPV para meninas entre 9 e 13 anos de idade. Os comentários referentes à publicação me deixaram perplexa.  Algumas mães consideram que a vacina é um incentivo para que as meninas iniciem precocemente sua vida sexual, ou ainda que a mesma não é segura e pode provocar danos à saúde de suas filhas e que incentiva mulheres a não se protegerem durantes as relações sexuais que elas nem deveriam pensar em ter nessa idade.

Continue reading